Vivência em Agrofloresta

Itacaré, BA

Morada N'ativa

27 ago 21 - 29 ago 21

A Comunidade

A Morada N'ativa é um centro de regeneração ambiental, social e espiritual. O espaço é a morada dos guardioes Elê e Ale e ponto de cocriação de projetos comunitários de impacto, visando a regeneração da natureza na comunidade que estamos inseridos, na adoção e disseminação de práticas permaculturais e ecológicas como bioconstrução e agrofloresta.

Estamos desenvolvendo projetos embrionários de yoga, saboaria natural, ginecologia natural, pedagogia alternativa e economia solidária. Venha somar conosco ;)

A Experiência

A Vivência em Agrofloresta de agosto é um programa introdutório de 3 dias (27 a 29 de agosto) para quem deseja se conectar com a terra. As aulas visam apresentar os princípios da agrofloresta e da agricultura sintrópica de forma teórica e prática, com base também em conceitos de agroecologia, produção orgânica, soberania alimentar e alimentação consciente.

Convidamos todes a chegarem na sexta-feira, dia 27 de agosto, a partir das 17h para melhor se instalarem e já conhecerem os demais participantes da vivência. Para quem desejar chegar antes ou sair depois do encerramento, basta avisar nossa equipe com antecedência.

O início da programação do curso será no dia 28 de agosto às 8 horas da manhã e o encerramento no dia 29 de agosto por volta das 17h.

Instrutores

Rodrigo Gasparini:
Agrofloresteiro e bioconstrutor, não tem nada que Rodrigo ame mais do que brincar com a terra, de pés descalços e coração aberto. Sua conexão com a natureza é mágica, intuitiva e contagiante. Nos últimos três anos esteve na linha de frente da comunidade Vila Flor, localizada no norte da Bahia, aprendendo na prática como plantar floresta, água e alimentos deliciosos e abundantes. Acredita no poder camponês, no conhecimento tradicional, nas alquimias das trocas.

Janaína Almeida:
Plantadeira e ativista há um bom tempo, iniciou efetivamente sua transição de carreira depois de se formar Design de Sustentabilidade pelo Gaia Education e começar sua atuação em movimentos de transição urbana na cidade de São Paulo. Em 2019, percebeu que não conseguia mais não estar imersa na natureza e depois de concluir sua formação em Design de Permacultura no Instituto de Permacultura e Ecovilas do Cerrado (IPEC) se mudou para o instituto onde atuou como como gestora e colaboradora do Ecocentro e também aprofundou seus conhecimentos em agrofloresta participando das formações do Sítio Semente, em Brasília. Em 2020, se mudou para Bahia, contribuindo na construção do viveiro e implementação dos SAFs da comunidade Vila Flor.

Juntos, Digão e Jana, são coletores e disseminadores de sementes por onde passam! Atualmente, realizam cursos, projetos e consultorias em agrofloresta, residindo em Santo André, vilarejo de Santa Cruz de Cabrália, no sul da Bahia. São também fundadores da embrionária Araçá Oyê, que tem por objetivo disseminar a cultura da agroecologia e da agrofloresta através de vivências e projetos que contribuam para a disseminação de quintais produtivos e de uma transição da agricultura convencional para a orgânica.

Valores de Inscrição

#Titulo Acom#

#Descricao#

#BRL#

#Vagas#

Reserve